Apesar da crise, cresce o número de vagas para primeiro emprego

24 de maio de 2021 0 min

Veja as dicas sobre como se preparar para aproveitar as oportunidades de ingresso no mercado de trabalho 

Que a pandemia mexeu com o mercado de trabalho, disso ninguém tem dúvidas. Se no início de 2020 os números de vagas caíram, após um ano o mercado vem se estabilizando e até apresenta melhora.  

De acordo com o Indeed, principal site de empregos no mundo, o número de anúncios de vagas no Brasil aumentou 58% em relação ao período pré-pandemia.  

Apesar do site considerar a retomada “lenta”, os números são um indicativo de esperança para quem procura o primeiro emprego. Incluindo os recém-formados e os que estão prestes a se formar. 

Mas as incertezas sobre as oportunidades podem tornar a busca por uma vaga algo muito estressante.  

Especialistas lembram que o cenário pandêmico é desafiador e que o empregado ou estagiário irá enfrentar uma realidade jamais vista.  

Então, todo o cuidado consigo e com o outro deve ser redobrado. Também vale lembrar que, apesar do cenário, estar bem preparado, ter um currículo apresentável, estar conectado, entre outros requisitos, pode ajudar a fazer parte das boas estatísticas. 

Curto prazo 

Em um período de incertezas como esse, considere um trabalho temporário ou fora de sua área de especialização. Esses empregos podem não ser “dos sonhos”, mas os trabalhos remotos e presenciais disponíveis neste momento ajudam a agregar experiência ao currículo e a ter uma vantagem no longo prazo. Mostrar aos empregadores que foi capaz de se ajustar a essa situação desafiadora pode tornar seu currículo mais competitivo. 

Habilidades sociais  

Mesmo se um emprego não for na sua área, é possível desenvolver habilidades que serão úteis quando se candidatar a empregos futuros. Por exemplo, resolução de problemas complexos, uso remoto de software, resolução de conflitos e comunicação, são experiências que podem ser adicionadas ao currículo. 

 Converse com colegas 

Um dos caminhos rápidos para se chegar ao primeiro emprego é por meio de conhecidos. Colegas de faculdade, amigos da família, amigos de amigos. Fale de seus interesses. Talvez não consigam o emprego, mas podem ter um networking poderoso para te fornecer. Como já estão empregados e, portanto, passaram por um processo seletivo na sua área,  também podem dar dicas importantes. 

Contratação remota 

Em qualquer área para a qual for contratado, sentir-se confortável com a contratação em modo remoto e os aplicativos online pode fazer a diferença na hora da seleção. Uma boa dica é praticar simulações de entrevistas em vídeo ou por telefone com uma pessoa de confiança. Existem diferenças entre uma conversa presencial e uma remota. 

Orientação da faculdade  

Aproveite o serviço de orientação de carreiras da faculdade. Mesmo que já tenha se formado. O Opet Placement, serviço da Uniopet em parceria com várias empresas, oferece estágio para alunos e egressos. E sem custo.   

Redes sociais 

Estar nas redes sociais com uma presença profissional é um caminho sem volta. Ainda mais em quarentena, quando quase tudo acontece online. Unir-se a grupos com o mesmo interesse profissional e interagir com profissionais para expandir sua rede e melhorar o perfil online, são algumas dicas. Networking, aconselhamento e entrevistas informativas, feitas remotamente, também podem ajudar na preparação para entrar no mercado de trabalho. 

Mantenha-se ativo 

Nessa época de reclusão em casa, nada melhor do que aprimorar o conhecimento. Certificações online e cursos específicos ajudam a se manter ativo e acrescentar experiência ao currículo, além de aumentar o círculo de networking. Também é necessário buscar melhores oportunidades no campo escolhido, atualizar os alertas de vagas, pesquisar faixas salariais competitivas e estabelecer contatos ativamente. 

Transição 

Para quem conseguiu uma vaga, pode ser difícil fazer a transição para um ambiente de trabalho novo, sem contato social. Este é um momento tenso e a palavra de ordem é ser paciente. Ter paciência consigo, com a empresa e com as pessoas ao redor durante este tempo de crise faz a diferença no momento da procura por novas oportunidades e para uma integração com um novo time. 


 
 


Compartilhe