Mercado de trabalho em busca do profissional habilitado a resolver conflitos

06 de agosto de 2020 0 min

Essa é mais uma das soft skills mais procuradas pelos recrutadores quando querem um profissional moderno e plural em qualidades sócio-emocionais 

O mercado de trabalho moderno procura sempre por colaboradores e líderes com uma característica sócio-emocional, ou soft skill bem importante: capacidade de gerir e resolver conflitos. 

Se você trabalha com outras pessoas, mais cedo ou mais tarde inevitavelmente terá essa necessidade. É possível que precise mediar uma disputa de membros de seu departamento, ou acabar com qualquer discussão que possa surgir em uma reunião. 

É possível que tenha que apaziguar um problema criado por um cliente que não cumpre prazos, por exemplo. Nas organizações é inevitável enfrentar essas e outras questões que geram tensão e desequilíbrio que, por consequência, comprometem o rendimento do trabalho.  

Mas o que é a resolução de conflitos, e como você pode usá-la para resolver disputas em seu local de trabalho? 

A resolução de conflitos pode ser definida como o processo formal ou informal que duas ou mais partes usam para encontrar uma solução pacífica do litígio que as opõe. No entanto, uma série de armadilhas cognitivas, emocionais comuns, muitos delas inconsciente pode exacerbar o conflito e contribuir para a necessidade de resolução de conflitos, confira:   

Interpretações de equidade  

Ao invés de decidir o que é justo a partir de uma posição de neutralidade, interpretamos o que seria mais justo para nós, então justificamos essa preferência nas bases da justiça. 

É provável que chefes de departamento, por exemplo, pensem que merece a maior fatia do orçamento anual. Discordâncias sobre o que é justo levam a confrontos.  

Excesso de confiança 

Nós tendemos a ter excesso de confiança em nossos julgamentos, que nos leva a expectativas irrealistas. Disputantes são susceptíveis de serem confiantes demais sobre as suas chances de ganhar uma ação judicial, por exemplo, um erro que pode evitar um acordo que permitiria poupar-lhes tempo e dinheiro.  

Escalada de compromisso 

Se os negociadores estão lidando com uma greve, uma fusão ou uma discussão com um colega, tendem a aumentar irracionalmente seu compromisso com o seu curso de ação escolhido, muito depois de ter se mostrado útil. Tentamos desesperadamente recuperar nossos investimentos passados em uma disputa (como o dinheiro gasto em taxas legais).Não reconhecer tais “custos perdidos” pesará em nossas decisões sobre o futuro.  

Mas como evitar conflitos? 

Evitar, porque as emoções negativas nos causam desconforto e angústia. Podemos tentar esquecer, esperando que nossos sentimentos irão se dissipar com o tempo. 

Na verdade, o conflito tende a se tornar mais enraizado e as partes têm uma maior necessidade de resolução de conflitos quando elas evitam lidar com as suas emoções fortes. Tendo em conta estas e outras armadilhas, como você pode configurar um processo de resolução de conflito construtivo ao lidar com o conflito no trabalho e outras esferas?

Conflitos podem ser resolvidos em uma variedade de maneiras, incluindo a negociação, mediação, arbitragem e litígio como vemos abaixo detalhadamente.  

1. Negociação 

Na resolução de conflitos, você pode e deve inspirar-se nos mesmos princípios de negociação colaborativa. Por exemplo, você deve apontar para descobrir os interesses subjacentes das partes, tal como um desejo de resolver uma disputa sem atrair publicidade negativa ou reparar um relacionamento comercial danificado.   

2. Mediação 

Na mediação, uma terceira parte neutra, ajuda a chegar a um consenso. Em vez de impor uma solução, um mediador profissional incentiva disputantes descobrir os interesses subjacentes às suas posições. Os mediadores trabalham com as partes juntamente e separadamente, ajudando-as descobrir uma resolução que seja sustentável, voluntária e não obrigatória.  

3. Litígio 

Em geral, faz sentido começar os procedimentos de resolução de conflitos menos caros e menos formais, tais como negociação e mediação, antes de fazer os compromissos maiores de tempo e dinheiro que a arbitragem e litígio muitas vezes exigem. A resolução de conflitos pode aumentar ainda mais sua capacidade de negociar resoluções satisfatórias para suas disputas.  

 

Nós já falamos de duas outras soft skills em outros posts. Reveja aqui:

COMUNICAÇÃO 

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL 



Aproveite nosso vestibular online e agende sua prova: Vestibular e Matrículas UniOpet   

Conheça nossos cursos e inscreva-se: Pós-Graduação UniOpet   


Compartilhe