Vídeo currículo

16 de setembro de 2021 0 min


Tecnologia ajuda a eliminar etapas no processo seletivo de forma segura e criativa; saiba como fazer o seu


A tecnologia também transformou a forma de apresentação dos currículos nos processos seletivos das empresas. Além do tradicional material impresso, a onda agora é a apresentação do vídeo currículo. Ainda mais em tempos de pandemia, em que o presencial ainda exige certos cuidados, entre eles o distanciamento social.

Mas o vídeo currículo não é um vídeo qualquer. Curto, rápido e objetivo, ele é  uma forma de apresentação das qualificações e habilidades pessoais e profissionais. Assim, além das capacitações técnicas, o recrutador também consegue avaliar com mais precisão a facilidade de comunicação do candidato.

Em meio a tantos candidatos, para chamar a atenção na apresentação é preciso se destacar no formato e no roteiro. De acordo com uma pesquisa realizada pela Catho, com cerca de 400 profissionais de seleção, mais de 60% dos recrutadores avaliam e descartam um vídeo currículo em até 30 segundos.

Ou seja, é preciso impressionar o profissional já nos primeiros segundos da leitura do documento digital e do vídeo. 

Entre outros, o objetivo desse modelo de currículo é agilizar algumas etapas do processo de seleção, reduzir custos de deslocamento para o candidato, ampliar o alcance de profissionais de outras cidades e, claro, nesse momento de pandemia, preservar a saúde e a segurança de todos.

O vídeo currículo também ajuda a identificar qualidades importantes para a vaga solicitada, como criatividade, dedicação na hora de elaborar o conteúdo, fluência verbal, capacidade de entendimento do briefing de entrevista e do cumprimento de prazos.

Outra vantagem é que, além de ser uma ferramenta mais moderna, também é uma estratégia que permite aos recrutadores enxergar com mais precisão os candidatos mais adequados para ocupar as vagas na empresa.

Criatividade, roupa adequada, bom português e um roteiro a seguir são algumas dicas para que na hora de buscar uma vaga você fique bem na fita! 

Veja como:

1. Tempo limitado
A primeira regra para fazer um bom vídeo currículo é que ele deve ser breve, com cerca de 30 segundos a 3 minutos no máximo. Mais do que isso é inconveniente e seu vídeo corre o risco de ser deixado de lado. 

2. Com que roupa?
Pesquise mais sobre a empresa antes de gravar. Afinal, no vídeo currículo é apresentado um pouco da sua marca pessoal. Você precisa conhecer a identidade da empresa para decidir se é melhor se vestir de um jeito mais formal ou informal. Mas não seja informal demais. Nada de bonés, bermudas ou camisetas chamativas. Nem todos os ambientes de trabalho pedem roupa formal e alguns ambientes são informais e casuais.

3. O local
Para evitar que ruídos “vazem” para a gravação, ela deve acontecer em um local tranquilo e fechado, para captar bem o som. O espaço também deve ser bem iluminado, organizado, limpo, com um fundo neutro e não pessoal, sem muitos objetos de decoração, para que toda a atenção do recrutador esteja voltada para você e para o que está comunicando.

4. Enquadramento
O uso do celular deve ser sempre na horizontal. Use um apoio para que a imagem seja bem enquadrada e não fique tremida. Se tiver um tripé, melhor ainda! Com relação à aparência, o melhor enquadramento é do busto para cima. E vale sempre olhar direto para a câmera.

5. Conteúdo
Comece se apresentando e na sequência fale o que faz atualmente, quais são suas características  profissionais, onde trabalhou, quais são seus projetos e resultados conquistados.

Foque em falar de você, mas não precisa citar muitos nomes. Outra orientação importante é o recrutador entender já de início a área em que você atua.

Se a sua  atividade for mais despojada, apresente-se dessa forma. O mesmo vale para um cargo mais formal.

6. Roteirize
Duas dicas: ensaie e faça um roteiro. Ensaie antes de ligar a câmera e treine até sentir que a mensagem está sendo passada com leveza, simpatia e segurança. Se for preciso, grave várias vezes. O treino ajuda a melhorar a apresentação.

Evite ler o currículo em papel, pois o vídeo é para passar justamente aquilo que o papel não consegue transmitir. Evite erros de português, gírias e críticas ao emprego anterior.

Se você ficar inseguro diante das câmeras, procure falar como se estivesse conversando com um amigo, para ajudar a relaxar. Não gesticule muito e mantenha uma postura ereta.

7. Seja você
Use um tom de voz leve e natural. Não finja ser quem não é, soa falso na gravação. Dar respostas prontas para agradar e conquistar a vaga também não funciona.

A autenticidade é um fator que ganha destaque no vídeo currículo. Porém, não adianta construir um personagem, porque depois vão descobrir que você não é aquela pessoa.

Vantagens do vídeo currículo

O vídeo currículo é uma ferramenta que nem todos dominam. E como toda nova ferramenta, tem vantagens e desvantagens. Entre as principais vantagens estão:
●  Como é gravado, o candidato terá tempo para treinar. Assim, pode errar, corrigir e editar os vídeos.
● No vídeo, o recrutador tem a chance de ver a postura e a forma de se comunicar do candidato antes da entrevista. Para quem está em busca do primeiro emprego, mesmo sem experiência de trabalho no currículo, é uma boa oportunidade de mostrar todo o talento e criatividade.

●  Ao assistir o vídeo currículo o recrutador agiliza e reduz custos nas primeiras etapas das entrevistas. Isso é bom para a empresa e para o candidato. Dessa forma há mais chances de participar de processos seletivos para vagas em outros locais do país com apenas um clique.


ACESSE NOSSO SITE

Compartilhe