Um dinheirinho a mais não faz mal a ninguém

17 de agosto de 2021 0 min

Renda extra sem sair de casa faz diferença no orçamento doméstico


Uma boa alternativa para quem quer aumentar o orçamento sem sair de casa é fazer renda extra pela internet. Existem várias maneiras de ganhar uma grana online, e assim, complementar a renda familiar. Existem plataformas e até redes sociais confiáveis onde é possível oferecer produtos ou serviços. Ainda que não se ganhe muito, um dinheirinho extra ajuda nas despesas da casa, seja em tempos de pandemia, ou não.

De acordo com uma pesquisa do E-commerce Brasil, o varejo online cresceu 72% somente no primeiro trimestre de 2021. Por isso, essa é a grande tendência para o ano que pode possibilitar um aumento na receita de muitos empreendedores.

Segundo dados da ABComm, mais de 150 mil novas lojas online foram registradas entre abril e setembro de 2020, assim como mais de 11 milhões de pessoas realizaram sua primeira compra pela internet nesse mesmo ano. Com tantas opções surgindo, empreender pode se parecer uma tarefa confusa e até difícil para quem não possui os conhecimentos fundamentais para arrecadar dinheiro no meio digital.

Rodrigo Volponi, empreendedor digital há mais de 11 anos e CEO da Web Mentoring, conhece bem esse assunto e listou algumas dicas de como criar um negócio digital simples e vender pelas redes sociais. Aqui você também vê outras dicas.

OFF para o ON
Para quem já tinha uma loja física e está buscando escalar seu negócio, a dica do Rodrigo Volponi é: abra uma loja virtual gratuita ou cadastre-se em marketplaces como Magazine Luiza, Americanas e Mercado Livre. De acordo com ele, é necessário avaliar as diferenças entre cada um e, se você tiver um bom estoque, é possível operar nos dois formatos. Ter sua própria loja e também revender por meio de parceiros.

Venda cursos online
Para quem possui conhecimentos técnicos em alguma área, um bom caminho, segundo o empreendedor digital, é entrar no mercado de cursos online. Um bom exemplo são os professores. Podem oferecer conteúdos gratuitos pelo Instagram ou Youtube, até o ponto em que as pessoas vão enxergá-los como referência no assunto e terão interesse em comprar um curso completo. Ele cita plataformas como Hero Spark ou Hotmart que auxiliam neste processo.

Plataformas online
Cadastre-se em plataformas de serviços online.
Plataformas como o GetNinjas ajudam prestadores de serviços a encontrarem parceiros. Para quem é designer ou até mesmo eletricista, dá para conseguir uma grana por meio do aplicativo.

Produtos usados
Com a disseminação de uma economia sustentável, é possível vender produtos usados por plataformas como Enjoei ou até mesmo pelo próprio Instagram. Lembrando que essa é uma área em crescimento, em que as pessoas gostam de comprar pelas redes sociais. A chance de sucesso é grande se oferecer um produto legal, em boas condições, por um preço mais baixo.

Integre-se às comunidades digitais
Dentro do universo de Marketing Digital, uma função é de extrema importância para o processo de vendas de treinamentos online: o customer success. Atendimento com eficácia que tire as dúvidas do consumidor, facilidades de pagamento, entre outros. Este tipo de profissional trabalha exclusivamente online, via WhatsApp ou outros canais digitais de comunicação. Ele pode atender vários clientes ao mesmo tempo, pois os processos são digitalizados e, portanto, automatizados.

Seja um afiliado digital
No mundo dos cursos online, existem especialistas que ensinam o conteúdo e também os afiliados que ajudam a promover o curso e ganham comissão por venda.



ACESSE NOSSO SITE

Compartilhe