Com mercado em expansão, freelancer em TI está em alta

13 de julho de 2021 0 min

O isolamento social impulsiona carreiras como as voltadas para a Tecnologia da Informação e UniOpet oferece formação na área


Tecnologia da Informação (TI), Design, Programação e Multimídia estão, hoje, entre as profissões mais em alta no Brasil e no mundo. A necessidade da digitalização dos negócios, impulsionada pela pandemia, agitou o mercado, abrindo oportunidade de trabalho para quem está começando. A área de TI ocupa atualmente o segundo lugar no ranking das profissões, perdendo somente para os profissionais de saúde.

Fatores como o desempenho de profissionais na migração da educação para a internet, a aceleração do modelo de trabalho do home office, assim como as vendas on-line através do e-commerce, aceleraram a demanda por profissionais da área, abrindo um leque de oportunidades.

Desde o início da quarentena em 2020, a procura por cientista de dados, por exemplo, aumentou 7.300%, e por analista de dados, 2.100%. De acordo com o relatório anual da Workana, plataforma que conecta freelancers, dentre 67,8% dos empreendedores que precisaram se adequar para vender online, quase 60% o fizeram contratando freelancers.

Mas trabalhar como freelancer, sem carteira assinada e com horário livre, exige alguma disciplina. Controlar horário e horas trabalhadas, ter atitude diante dos clientes, e domínio emocional são habilidades para se dar bem no mercado de trabalho. Além disso, estudar - conheça aqui o que a UniOpet oferece de formação -, e acompanhar as oportunidades oferecidas pela Opet Placement, ajudam muito a aproveitar a boa maré.

Alguns sites, como este, reúnem plataformas e oportunidades de emprego atualizadas na área.

Conheça mais sobre esse profissional que o mercado deseja:

Quem é

O operador de TI freelancer presta serviços para pessoas físicas ou jurídicas por um tempo determinado, trabalhando em home-office. A vantagem é que o trabalho de freelancer pode ser visto como uma forma de renda extra, uma vez que os profissionais têm exercido essa atividade como complemento de seus empregos. Contudo, conforme a demanda vem aumentando, viver de freela tem se tornado mais comum, possibilitando um bom retorno financeiro e atuação em tempo integral.

O que faz

O mercado oferece uma gama de possibilidades para quem trabalha na área. Pode desenvolver sistemas específicos para os clientes, como um sistema de controle de compra e venda, atualizar softwares, entre outros. O mercado é amplo e oferece possibilidades infinitas.

Quanto ganha

Quanto ganha um freelancer da área de tecnologia? Desenvolvedores de aplicativos chegam a faturar R$ 2.483 por projeto. Esse é o ticket médio dos profissionais mais buscados de TI & Programação.

Competências desejadas

 1- Automotivação

Você sempre será seu melhor exemplo. Como aqui não há lideranças que dêem feedback sobre desempenho e comportamento diante do trabalho, nesse caso o rendimento também depende do desempenho. É preciso uma automotivação constante.

2- Controle emocional

Tenha em mente que o ganho depende de quanto trabalho será feito, ou seja, depende da produtividade e do número de trabalhos mensais. Saber lidar com a instabilidade é primordial para o freelancer.

3- Espírito empreendedor

Um freelancer é antes de tudo, um empreendedor. Enxergar as oportunidades de negócios que o mercado tem a oferecer, e principalmente, buscar especialização para se destacar. Além disso, será preciso fazer um CNPJ, no modelo MEI (Microempreendedor Individual), para que consiga receber e emitir notas fiscais. Ou seja, os mesmos direitos e obrigações de uma empresa.

4- Competência técnica

Ao se tornar freelancer, suas competências técnicas serão mais exigidas, afinal, não há uma equipe de atendimento. Por conta disso, é preciso investir constantemente em atualização. Ainda mais na área de TI em que as coisas caminham muito rápido. Então, faça cursos de especialização. Participe de workshops e rodas de conversas online em sua área.

5- Portfólio

Se você quer entrar na área de freelancer, é preciso ter um portfólio. Reúna os seus melhores trabalhos, mostrando suas habilidades técnicas. Não precisa ser nada complexo, mas que mostre a sua competência.


 

Acesse nosso site vestibular




Compartilhe