10 dicas para evitar a procrastinação durante a quarentena do Covid-19 - PARTE 2

31 de março de 2020 0 min


Confira mais dicas do UniOpet para ajudar você a manter o foco nos estudos durante a quarentena

Procrastinação é um inimigo da produtividade, especialmente quando falamos de estudos. Estudar é uma tarefa que neste período de quarentena precisa ser muito bem desempenhada, com concentração e determinação, para que o seu semestre e seu ano letivo não seja comprometido pela quarentena do Covid-19. 

Então, como continuação do último artigo, confira mais 5 dicas para você não procrastinar na sua casa durante as aulas do UniOpet nesse período de suspensão das atividades no Campus e não deixar essa crise afetar o seu futuro.


6. Adote senso de urgência


Fique sempre atento aos prazos para conclusão de suas tarefas. E para que suas prioridades não sejam colocadas de lado, você deve criar senso de urgência sobre suas missões diárias. 

Você mesmo pode se cobrar de concluí-las diariamente, ou pode pedir para alguem da sua família exercer esse papel. Isso vai ajudar sua mente a realizar as tarefas com maior agilidade, fazendo com que seu tempo seja otimizado para concluir suas ações com qualidade. 


7. Afaste-se das distrações


Sim, já falamos disso em outro artigo mas voltamos a bater nessa tecla: as distrações ao nosso redor são iscas fáceis para a procrastinação. E você provavelmente já sabe exatamente o que te distrai das suas responsabilidades diárias. Vídeos aleatórios no YouTube, redes sociais, interações com outras pessoas, notificações de e-mails, entre outros. 

Afaste essas distrações antes de começar uma tarefa que vai exigir mais esforço e tempo. Foque apenas nos materiais que você vai precisar usar nas suas aulas.


8. Aproveite o processo


Um dos erros mais comuns ao iniciar uma tarefa importante é ficar constantemente se distraindo vislumbrando sua conclusão. Isso faz com que ela comece a ser empurrada com a barriga. 

E isso só gera frustração. Como sugestão para otimizar sua produtividade, adote a técnica “pomodoro”, que consiste em: Escolher a tarefa a ser executada; ajustar um timer para 25 minutos; trabalhar com foco total nesse tempo; quando o alarme do timer soar você tira 5 minutos para descansar; repetir o processo.


9. Reparta grandes objetivos em pequenas metas


Ficar pensando somente no grande objetivo final faz o desejo parecer impossível, inalcançável ou muito difícil. Divida cada atividade sua em um passo a passo de micro tarefas que são facilmente concretizadas. Importante: uma tarefa de cada vez!



10. Crie recompensas para quando você finalizar metas e objetivos


Alimentar o cérebro com recompensas é algo que sempre funciona. Se você conseguiu concluir uma atividade muito difícil, é importante entregar algo como um gesto de cuidado com você mesmo. Se você adiou algo por tanto tempo que agora não adianta mais ser feito. Está na hora de se dedicar à outro objetivo.

Fazer jogos mentais ajuda nossa mente a trabalhar com um objetivo mais concreto em vista, como: “se eu terminar essa tarefa até antes do horário da aula eu vou jantar hambúrguer de delivery  hoje.” Só tome cuidado para não ficar só nas recompensas para o estômago, pois isso pode afetar sua saúde!

Contudo, depois de todas essas dicas, é importante ressaltar que também é importante você reservar um tempo da sua rotina para descansar a cabeça e relaxar. Isso é fundamental para a qualidade posterior do foco que você vai dar para suas atividades. Portanto, equilíbrio acima de tudo para manter a cabeça saudável e ativa.



O que achou dessas dicas? Acha que alguma delas vai te ajudar a não procrastinar no dia a dia? E você já aplica alguma delas na sua rotina de estudos? Conte para nós. 


Aproveite nosso vestibular online e agende sua prova: Vestibular e Matrículas UniOpet   

Conheça nossos cursos e inscreva-se: Pós-Graduação UniOpet   


Compartilhe