Você sabia? Maturidade profissional nada tem a ver com idade biológica

26 de agosto de 2020 0 min

Um profissional é maduro o suficiente em sua carreira quando independente do tempo de “casa” ou da caminhada no mercado de trabalho escolhido ele já passou por diversas experiências com pessoas e perfis diferentes  

Toda vez que se fala de maturidade profissional a maior parte das pessoas costuma pensar em uma pessoa mais velha, que tem anos de experiência. 

No entanto, em nada a idade contribui para a maturidade, bem pelo contrário, os conhecimentos profissionais são obtidos apenas através de experiências e sucessos no ambiente corporativo e também a capacidade de se adiantar a problemas e de utilizar a inteligência emocional em detrimento do instinto.   

Um profissional é maduro o suficiente em sua carreira quando independente do tempo de “casa” ou da caminhada no mercado de trabalho escolhido ele já passou por diversas experiências com pessoas e perfis diferentes, participou de projetos variados e teve que solucionar conflitos, que o levaram a desenvolver habilidades para enfrentar os desafios do mundo do trabalho com inteligência, tato e coerência.  

No entanto, para alcançar a maturidade profissional é importante que cada um tenha autoconhecimento e crítica própria, que possa avaliar a postura diante de situações difíceis e adversidades. 

Somente dessa forma, será possível desenvolver uma atitude equilibrada e madura, aprendendo a ouvir e aceitar feedbacks. A partir de então, o comportamento será pautado em valores que o levarão ao desenvolvimento profissional e, finalmente, a atingir de forma transparente uma carreira de sucesso.  

Dicas para atingir maturidade profissional:  

  1. Consciência e aceitação de si mesmo:  Autoconhecimento  
  2. Consciência e aceitação dos outros:  O profissional aceita a diferença que existe entre as pessoas. Sabe aproveitar de cada um justamente o que ele pode dar e não exige dele que seja perfeito em todos os campos. Isto, porém, não significa que seja fraco e não exija o cumprimento total das obrigações assumidas.  
  3. Confiança e segurança: Faz com que o colaborador não tema a capacidade dos outros, mas conta com ela. Desta forma, soma-se e alegra-se com o sucesso de todos e se realiza quando o negócio prospera por conta de um trabalho conjunto, de equipe.  
  4. Senso de humor e otimismo: Rir é saudável e transmitir boa energia inspira confiança, tranquilidade, otimismo e bem estar.  
  5. Capacidade de decisão: Sabe esperar o momento certo, pondera os fatos e sabe agir na hora exata, não se posicionando “em cima do muro”. 

 


Por


Comentários