Profissionais de saúde são os mais requisitados no mercado de trabalho

12 de maio de 2021 0 min

Com a pandemia, disparou a busca por profissionais de saúde. UniOpet lança os cursos de Medicina Veterinária e Psicologia, que se somam a Fisioterapia, Nutrição e Biomedicina 

Com a chegada da pandemia, o número de vagas de emprego na área de saúde disparou. Com isso, quem é formado na área, está estudando ou mesmo pensando em prestar vestibular  , tem a sua disposição um vasto campo de trabalho. 

Os dados comprovam: somente no primeiro trimestre de 2021, o número de vagas abertas na comparação com o mesmo período de 2020 e com qualquer trimestre do ano passado, subiu 17%. Um salto excepcional na crise de desemprego que o país atravessa. 

Levantamento do Banco Nacional de Empregos (BNE) aponta que de janeiro a março do ano passado, foram abertas 2.353 vagas de trabalho. Neste ano, as oportunidades no mesmo período somam 2.772, a maior média incluindo todos os trimestres do ano passado. 

Ao mesmo tempo em que cresceram as oportunidades de emprego, a busca por profissionais também aumentou, de acordo com o BNE. Juntamente com logística, TI e construção civil, a área da saúde foi uma das que mais se expandiu devido à pandemia. 

O potencial do setor de saúde no Brasil é enorme: representa 4,3% da população brasileira, segundo o censo do IBGE de 2009. Ele é responsável por 10% da massa salarial do setor formal do país e em torno de 3,9 milhões de postos de trabalho. 

Novos cursos UniOpet 

Alinhado com a necessidade de mercado demandada pela Covid-19, o UniOpet ampliou a oferta de cursos de graduação e pós-graduação na área de saúde  . Em 2021, foram abertos os cursos de graduação em Medicina Veterinária e Psicologia, além de 15 especializações voltadas para profissionais da saúde. 

Eles se juntam às graduações em Fisioterapia, Biomedicina e Nutrição. Com foco na formação de profissionais para o mercado de trabalho, o UniOpet atua nas três principais modalidades de ensino: presencial, semipresencial e EAD. 

Além de ampliar a oferta de cursos que preparam para o mercado de trabalho, o UniOpet manteve conceito 3 no Índice Geral de Cursos Avaliados – IGC 2019. O índice mede a qualidade da educação e define quais instituições participam de programas do governo para inclusão de estudantes. 

O IGC é um indicador expresso em conceitos, com pontuação variável de um a cinco pontos e os conceitos 3, 4 e 5 são considerados satisfatórios. A avaliação foi feita nos 24 cursos oferecidos pela instituição. 

O índice obedece a um ciclo de três anos, em combinação com o resultado do Enade, que mede o desempenho dos alunos. 





Compartilhe