A emoção a seu favor, na vida e na carreira profissional

07 de maio de 2021 0 min

Saber controlar os sentimentos no ambiente de trabalho pode fazer toda a diferença na hora de ser contratado 

O ser humano é feito de razão e emoção. Acontece que o lado emocional do cérebro é mais rápido do que o racional. Ou seja, enquanto agimos com a emoção, nossa razão ainda está processando e analisando as informações.

A inteligência emocional nada mais é do que a consciência de que somos movidos pelos sentimentos. 

E conseguir perceber, interpretar e gerir as emoções pode fazer toda a diferença no campo profissional.

Trata-se de uma das soft skills mais demandadas pelo mercado de trabalho, como você pode ver na live UniOpet Live Now. Aas empresas investem e valorizam os profissionais que têm a inteligência emocional desenvolvida. Demonstrar controle sobre os próprios sentimentos, e saber lidar com os dos outros, faz a diferença na hora da contratação.

Pessoas com esse perfil são mais valorizadas pelos empregadores porque são capazes de se automotivar e incentivar os outros, mesmo diante de adversidades ou frustrações.

Algumas vantagens que a inteligência emocional proporciona

– Os níveis de ansiedade e estresse vão ficar lá embaixo

– As discussões nos seus relacionamentos serão melhores

– Melhorará os relacionamentos interpessoais

– Terá mais empatia pelo outro

– Mais equilíbrio emocional

– Maior clareza nos objetivos e ações

–  Melhoria nas tomadas de decisões

– Melhor administração do tempo e produtividade

– Aumento do nível de comprometimento com suas metas

– Mais senso de responsabilidade e melhor visão do futuro

– Aumento da autoestima e autoconfiança

E sempre é possível aprender a desenvolver a inteligência emocional. Veja as dicas

Autoconhecimento 

Nada como a autoconfiança. Assim como a liderança, é o tipo de habilidade que dá segurança para tomar decisões e, claro, faz o trabalho fluir muito melhor. Mas é preciso estar atento para não confundir confiança com arrogância.  Humildade no campo profissional e pessoal nunca é demais.

Autocontrole 

Entender sobre as próprias emoções ajuda a entender quais comportamentos são prejudiciais ao desenvolvimento profissional. Saber lidar com elas faz toda a diferença. Além do mais, ser otimista  E quando estiver sob pressão, a coisa mais importante é tentar manter a calma. Encontre uma distração, realize uma atividade prazerosa e canalize a ansiedade.

Automotivação

Pense antes de tomar decisões. Isso trará diversos benefícios, como evitar conflitos e arrependimento de atitudes. Ao utilizar adequadamente as emoções, pode-se chegar aos objetivos. Em contrapartida, existe o processo inconsciente de reagir, o famoso “gatilho emocional”, expressando essa emoção de maneira instantânea, o que gera arrependimentos. Saber controlar os dois lados é fundamental.

Empatia

A palavra mais usada atualmente, também pode ser aplicada aqui. Aprender a se colocar no lugar do outro, de reconhecer as emoções dos outros e entender seus comportamentos, nos torna mais sensíveis e abertos na vida e no ambiente de trabalho.

Relações interpessoais

Nada como ter boas relações. O ponto chave para o sucesso é guiar as emoções dos outros. Isso criará um ambiente positivo à sua volta, melhorando a qualidade de vida. E nada mais contagiante do que um ambiente positivo ao seu redor.

Compartilhe