Conheça e se surpreenda com os 12 piores pecados de um profissional

23 de setembro de 2020 0 min

Se você quer ter uma carreira sólida e de sucesso é preciso estar atento para não cometer essas falhas   

No mundo profissional os pecados são em muito mais número que apenas os 7 capitais. Numa era cada vez mais competitiva, você pode ser rapidamente ultrapassado por quem sabe exatamente o que quer e trabalha para com foco e determinação para conseguir.  

(Até já falamos nesta edição do UniOpet Live Now   sobre esse assunto de forma aprofundada.  Reveja!)  

Para que não fique para trás e possa construir uma carreira sólida e gratificante, evite cometer estes pecados profissionais:  

  1. Imagem pessoal descuidada - A importância de se manter um cuidado com a nossa imagem pessoal está no fato de que ela tem o poder de transmitir às pessoas que nos rodeiam credibilidade e confiança. Com isso, temos a oportunidade de atuar e de mostrar que podemos contribuir, tanto com nossos colegas de trabalho, quanto com a empresa de uma forma geral, para o alcance de resultados extraordinários.  

 

  1. Falta de interesse e entusiasmo, ou seja, passivo e indiferente - Esse tipo de postura prejudica quem possui, os membros da sua equipe e, principalmente, os resultados e a cultura da empresa. Pode ser desenvolvido em pessoas lideradas por profissionais muito agressivos ou em ambientes extremamente punitivos. A passividade surge como uma forma inadequada que a pessoa encontra para lidar e evitar as consequências dos conflitos. 

 

  1. Esperar muito da empresa, mas não querer dar nada em troca - Muitas vezes reclamamos do ambiente de trabalho, das condições em que desempenhamos nossas funções sem nem ao menos observar a qualidade do que desempenhamos.  

 

  1. Falta de comprometimento - Em uma organização, esse comprometimento pode ser visto em muitas situações: quando um colaborador entrega as tarefas dentro do prazo, quando leva suas responsabilidades a sério, quando não falta, quando não chega atrasado, entre outras. Na prática, comprometer-se com o trabalho significa exigir de si o nível máximo de rendimento e de produtividade. 

 

  1. Muito voltado para o dinheiro/salário - Nada mais justo em uma relação empresa - colaborador do que ser remunerado de forma justa pelos trabalhos que desempenhamos. Mas essa é uma troca, ambos lados precisam desempenhar suas responsabilidades para depois desfrutar dos lucros.  

      
  1. Faz comentários negativos sobre colegas de trabalho ou líderes - Esse item é autoexplicativo. Não se deve fazer fofoca, falar mal ou critica os colegas de trabalho. Especialmente se eles não estão presentes. Questão de boa educação, não é? rec 

 

  1. Falta de pontualidade - Até já falamos deste problema recentemente. Neste post AQUIReleia e entenda a importância de ser sempre pontual e correto na administração do seu tempo e de seus compromissos.  

 

  1. Arrogante, agressivo - Fato é: ninguém gosta de conviver com o "sabe tudo". Estar atento ao nosso comportamento é imprescindível para um convívio profissional harmonioso.  

 

  1. Não se esmera na apresentação de trabalhos e projetos - Deixar tudo pra última hora e então apresentar "qualquer coisa" deve ser uma das piores características profissionais. Não seja esta pessoa!  

 

  1. Receber os louros por trabalhos de outros - Pode até parecer exagero, mas ainda existem muitos "profissionais" que possuem esse hábito de assinar o trabalho alheio. Isso não se faz. Além de demonstrar falha de caráter ainda é demonstração de incapacidade.  

 

  1. Não investe em formação profissional e de valorização pessoal - Estar sempre aprendendo é demonstração importante da sua vontade de crescer. Não deixe nunca de estudar e buscar aprimoramentos.  

 

  1. É evasivo quanto ao seu trabalho (especialmente quando não está feito!) e tem sempre desculpas para tudo  - Vou contar um segredo: as pessoas sabem quando você está dando uma desculpa! Planeje bem seus prazos, horários e tarefas. Desta forma não precisará inventar evasivas... 


Por


Comentários