Beleza brasileira

21 de julho de 2021 0 min

Brasil é o maior consumidor na área de estética da AL e, mesmo na pandemia, o mercado está em alta. Opet oferece cursos na área.



Apesar do isolamento social e do uso de máscaras, situações que “escondem” a aparência das pessoas, o mercado de estética no Brasil é um dos setores que mais crescem no mundo. Se comparado aos países da América Latina o país ocupa o primeiro lugar. Em termos mundiais, perde apenas para o Japão, Estados Unidos e China. 

Até 2020, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, o mercado cresceu 527% no país. Passou de 72 mil para mais de 480 mil profissionais da área nos últimos cinco anos.

Durante a pandemia, o mercado deu um salto ainda mais longo: cresceu 50%, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Isso demonstra que o brasileiro investe cada vez mais em hábitos de higiene e estética. Por outro lado, o mercado segue se especializando, com o lançamento de novos produtos e equipamentos. 

Então, investir na formação para atender os clientes, é fundamental para quem quer atuar na área. Além disso, estar antenado com a tecnologia de um mercado sempre em evolução, saber administrar horário e finanças, fazer rede de contatos e ser referência na área, entre outras aptidões, são algumas das exigências do mercado.


Então, vamos a elas:

Invista em cursos
Dentro de um mercado que evolui constantemente - seja em técnicas corporais ou em equipamentos - ter uma formação e qualificação profissional faz toda a diferença. O Centro Universitário Opet - Uniopet,  por exemplo, oferece cursos de Estética e Cosmética. A universidade conta com laboratórios e aulas práticas, preparando os alunos para o mercado de trabalho.

Amigos e familiares
Para colocar em prática seus conhecimentos, não tenha vergonha. Peça a amigos e familiares para servirem de cobaia. Isso mesmo, treine seus conhecimentos neles. Futuramente eles poderão ser potenciais clientes. E ainda te indicarem para outros conhecidos.

Invista em equipamentos
Dentro de um mercado que evolui constantemente, usar equipamentos com tecnologia de ponta faz toda a diferença, até mesmo no marketing de seu trabalho. Além disso, pode aumentar o seu valor da hora trabalhada.

Agenda e horários
Seja numa clínica, em sua casa ou na casa do cliente, ter uma agenda organizada e cumprir horários é fundamental. Se for se deslocar, organize uma folga de horário contando com imprevistos. Se atender em casa ou em clínica, agende e cumpra o horário. Não existe nada mais desagradável do que perder tempo por falta de organização no atendimento. Além disso, o agendamento ajuda a organização de acordo com o tempo gasto nos procedimentos.

Diversificação
O mercado de estética é bem diversificado. Desde os procedimentos que exigem uma maior especialização, até os mais simples, um profissional da área é capaz de executar. Então, invista em cursos. Além disso, saber executar vários serviços ajuda a organizar a agenda. Dá para “encaixar” os mais rápidos no intervalo dos que demandam mais tempo.

Mercado masculino
Invista nos homens. Hoje, eles já ocupam 5% do mercado. Sim, eles estão mais vaidosos e os procedimentos, até bem pouco tempo atrás considerados apenas femininos,já fazem parte da vaidade masculina. Então, prepare-se para também atender esse nicho de mercado. 



ACESSE NOSSO SITE

Compartilhe