Autocuidado: estar atento à saúde vai muito além dos cuidados com a pele

11 de agosto de 2020 0 min

No último dia 24 foi celebrado o Dia Internacional do Autocuidado. A data relembra a importância de estar atento à própria saúde, em especial após os impactos que a pandemia de Covid-19 ocasionou. 

A Organização Mundial da Saúde considera o autocuidado um direto do cidadão que está relacionado a uma abordagem multidisciplinar para cuidar do corpo prevenindo doenças físicas e emocionais através de sete pilares: buscar informação e orientação confiáveis sobre saúde; ter uma alimentação balanceada; praticar atividade física regularmente; restringir comportamentos nocivos – como tabagismo e excesso de bebidas alcoólicas; conhecer e respeitar o próprio corpo e a mente; ter uma boa higiene; utilizar medicamentos e outros produtos para a saúde de forma responsável. 

Neste período de crise mundial de saúde ficou ainda mais claro a importância de cuidar da qualidade de vida para que possamos viver mais tranquilamente.  

A era do autocuidado veio mesmo para ficar. No Instagram, por exemplo, a hashtag #autocuidado subiu vertiginosamente até mais de 1 milhão de fotos. Nunca consumimos tanto conteúdo sobre se cuidar como no último ano — e isso só se intensificou com a Covid-19. 

De acordo com uma pesquisa realizada pela Consumoteca, 67% dos entrevistados afirmam ter investido em produtos de autocuidado em junho. E de acordo com essa pesquisa o autocuidado estará cada vez mais atrelado a melhorar hábitos já existentes na rotina do que a criação de novas rotinas e novos hábitos. 

Isso significa que as pessoas estarão mais atentas ao que comem, consomem e como cuidam de si. A indústria do autocuidado se tornou um mercado avaliado em US$450 milhões, como aponta um estudo levantado pela Uniwax. Esse mesmo estudo afirma que 62% dos americanos procuram consumir produtos de beleza veganos, demonstrando maior preocupação com a rotina de cuidados com a pele.   

Dicas de futuro saudável  

Roxane Wirschum Silva, coordenadora do curso de Estética e Cosmética do Centro Universitário UniOpet separou algumas dicas imperdíveis para você se cuidar de forma simples e sem gastar muito! Confira:   

- Refeições mais planejadas, maior cuidado na hora de selecionar produtos a serem consumidos e escolhas mais conscientes. A nova era do autocuidado será totalmente voltada para manter a saúde incorporando rotinas saudáveis desde cedo. Vale destacar que o consumidor está cada vez mais exigente. O isolamento social proporcionou às pessoas hábitos que vieram para ficar. 

- “Segundo a revista digital Cosmetics & Toiletries de julho de 2020, a procura por produtos que auxiliem de forma prática os tratamentos estéticos realizados em casa aumentou. Algumas marcas têm oferecido ao mercado sugestões de kits “Do It Yourself”, além de disponibilizarem dicas e passo-a-passo de como utilizá-los corretamente", explica a coordenadora do curso de Estética e Cosmética do UniOpet, professora Roxane Wirschum Silva.   

- Cosméticos mais naturais, e tudo que faça referência a eles, também ganharam espaço no contexto atual. De acordo com especialistas da área de beleza, o conceito das boas e velhas receitas caseiras está em alta novamente. Essas receitas são baseadas em ingredientes altamente nutritivos, como frutas, legumes, grãos, óleos e extratos vegetais, para proporcionar mais saúde e bem-estar ao cabelo e à pele. 

 

 

Compartilhe