Afinal, o que é essa tal felicidade no trabalho?

05 de novembro de 2020 0 min

É possível ser feliz no trabalho, sim! Mas essa expressão é bastante subjetiva e cada um tem uma forma de alcançar este estado de espírito  

Afinal, existe felicidade no trabalho? Claro que, quando se trata de ser feliz, os conceitos são bastante subjetivos. No entanto, isso não quer dizer que não possa reconhecer e até mesmo alcançar algo bem próximo desse estado de espírito. 

Os nossos pais já diziam: “primeiro vem a obrigação, depois a diversão”.  É como se felicidade e bem-estar representassem algo incompatível com o trabalho, mas pode ficar tranquilo, as coisas não são totalmente assim. A verdade é que o bem estar no trabalho pode ter diferentes significados para cada pessoa. 

Para uns, é fazer o que se gosta. Para outros, receber um bom salário. Há ainda quem foque na equipe com quem divide a rotina, ou seja, companheiros de trabalho motivados e solidários podem tornar o ambiente num lugar mais leve.   

O que é felicidade no trabalho?   

Encontrar a alegria durante o expediente deve ser encarado como algo natural. Felicidade no trabalho é buscar a realização por meio da sua atividade profissional. Essa talvez seja a resposta mais adequada para a pergunta – ainda que não seja a única. Não quer dizer que você precise estar eternamente sorrindo para ser feliz trabalhando porque todos nós temos dias difíceis e outros melhores e, às vezes, nos momentos de concentração intensa não tem quem sorria, não é? 

No entanto, encontrar a alegria durante o expediente deve ser encarado como algo natural, como mais uma etapa saborosa do dia, por assim dizer, e não como um remédio amargo que se tapa o nariz ao engolir. É claro que existe felicidade no trabalho. Resta, então, ir em busca dela – da mesma maneira como você faz na vida pessoal. 

O que não existe é uma receita única para todas as carreiras. Atualmente, vimos profissões que nem se pensaria há poucos anos.   

Quais os principais sinais de que você é infeliz no trabalho? 

Além de não ter encontrado o seu flow, quais outros sinais podem mostrar que você está infeliz no trabalho?  

1. Não consegue enxergar nada positivo 

Sabe quando você começa a ver defeito em absolutamente tudo? Se resolvem fazer um pintura na parede da empresa, você não gosta da cor e diz que preferia a antiga. 

Se não fazem a mudança, está ruim também porque a tinta já está descascando.  

2. A famosa “panelinha” incomoda 

As fofocas também são um sinal de que algo não vai bem. Pequenas implicâncias, quando superam os interesses coletivos da empresa, são um caminho sem volta.  

3. Não consegue mais chegar na hora 

Primeiro, o despertador não tocou, depois, o trânsito estava uma loucura, ou o aplicativo de transporte demorou muito para chegar. Quando os atrasos começam a ser recorrentes, é porque o seu comprometimento já não é mais o mesmo – talvez você já não se importe tanto assim.  

4. Depressão profunda no domingo 

Normalmente, quem torce o nariz para os domingos não está muito feliz em seu emprego. 

Isso porque ele representa o fim do descanso e o início de mais uma semana útil. Vem aquele pensamento “amanhã já é segunda-feira, dia de acordar cedo, pegar trânsito e retomar a rotina”.  

5. Insônia 

Sabe quando você está exausto, mas justamente na hora de dormir o sono não vem? 

Você fica virando de um lado para outro e só consegue pensar na infinidade de tarefas que precisa desempenhar no dia. Talvez tenha chegado o momento de mudar a sua rotina e evitar todo aquele estresse.  

6. Zero motivação 

Aquela sensação de que faltam forças para realizar as atividades mais cotidianas do dia.  

Veja bem, a ideia não é ignorar sentimentos ruins e possíveis condições de saúde sérias, mas sim tentar uma mudança na perspectiva. E, assim, estabelecer relações e rotinas mais saudáveis com o trabalho que escolheu desempenhar.


 
 

 

  


Por


Comentários