Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho

Titulação

Especialização

Modalidade

Presencial

Carga Horária

640 + 60 h (trabalho de Conclusão de Curso)

Inicio das Aulas

A confirmar

Dias e Horários das aulas

Segundas, Terças e Quintas das 19h00 às 22h30

Localização

Campus Centro/Rebouças

Av. Getúlio Vargas, 892.

Mensalidade*

24x 598,16


* Mensalidade em reais (R$) para 2018. O valor líquido já inclui o desconto para pagamento no vencimento.

Objetivos do curso

O Curso de Especialização em Engenharia e Segurança do Trabalho tem como objetivo habilitar os profissionais de nível superior nas áreas de Engenharia, Agronomia e Arquitetura, portadores do CREA, a capacidade de desenvolverem e aplicar técnicas e métodos para a prevenção de acidentes; ajudar a promover programas de segurança; se responsabilizar pelas normativas de segurança da Empresa e Industria; promover a melhoria das condições de trabalho e do meio ambiente de trabalho e capacitá-los a uma gestão empresarial estratégica na área de Segurança do Trabalho.

A quem se destina

Graduados em Engenharia (todas as modalidades) e Arquitetura.

Diferenciais do curso

  • O curso está voltado para as práticas reais do mercado em todas as áreas (indústria, serviço, comércio);
  • Os professores possuem experiência e larga atuação em empresas no exercício da segurança no trabalho;
  • A carga horária atende às necessidades de aprendizado do aluno.
  • Homologado pelo CREA-PR.

Disciplinas do Curso

  • 01. Introdução à Engenharia de Segurança do Trabalho 35 h

    A evolução da engenharia de segurança do trabalho. Aspectos políticos, éticos, econômicos e sociais. A história do prevencionismo. Entidades públicas e privadas. A engenharia de segurança do trabalho no contexto capital-trabalho. O papel e as responsabilidades do engenheiro de segurança do trabalho. Acidentes: Conceituação e classificação. Causas de acidentes: fator pessoal de insegurança, ato inseguro, condição ambiente de insegurança. Conseqüências do acidente: lesão pessoal e prejuízo material. Agente do acidente e fonte de lesão. Riscos das principais atividades laborais.

  • 02. Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações 80h

    Mecânica: Conceituação e importância. Bombas e motores. Veículos industriais. Equipamentos de guindar e transportar. Ferramentas manuais. Ferramentas motorizadas. Vasos sob pressão. Caldeiras. Equipamentos pneumáticos. Fornos. Compressores. Soldagem e corte. Equipamentos de processos industriais. Sistema de proteção coletiva. Equipamentos de proteção individual – EPI. Projeto de proteção de máquinas. Cor, sinalização e rotulagem. Área de utilidades. Manutenção preventiva e engenharia de segurança.

    Civil: Localização industrial. Arranjo físico. Edificações: fases construtiva e operacional. Estruturas e superfícies de trabalho. Transporte, armazenagem e manuseio de materiais. Tanques, silos e tubulações. Cor, sinalização e rotulagem. Características da construção civil. Riscos principais. Obras de construção, demolição e reformas. Análise dos subsistemas: pessoal, equipamento, material e ambiente. Prazo, custo, segurança e qualidade. Análise de programas convencionais. Definição preventiva e engenharia de segurança.

    Elétrica: Cabines de transformação. Aterramento elétrico. Pára-raios. Ambientes especiais. Eletricidade estática. Instalações elétricas provisórias. Legislação e normas relativas à proteção contra choques elétricos. Equipamentos e dispositivos elétricos. Área de utilidades. Manutenção preventiva e engenharia de segurança. Riscos na eletrificação rural. Acidentes com cercas energizadas.

  • 03. Higiene do Trabalho I e II 140h

    Agentes Físicos: Conceituação, classificação e reconhecimento dos riscos físicos. Sobrecarga térmica, Temperaturas baixas, Iluminação, Pressões elevadas e baixas.

    Ruídos: conceitos gerais e ocorrência, física do som, critérios de avaliação, práticas e técnicas de medição, análise de medidas de controle. Vibrações.

    Agentes Químicos: Conceituação, classificação e reconhecimento dos riscos químicos. Limites de tolerância. Técnicas de reconhecimento. Contaminantes sólidos e líquidos. Contaminantes gasosos. Medidas de controle coletivo para agentes químicos. Medidas de controle individual. Estudos de casos específicos.

    Ventilação aplicada à Engenharia de Segurança: conceituação. Ventilação geral. Ventilação local exaustora aplicada ao controle de contaminantes dos ambientes de trabalho.

    Radiações eletromagnéticas: Radiação ionizante. Radiação não ionizante. Radio Frequência. Radiação infravermelho. Radiação ultravioleta. Técnicas de medição, critérios de avaliação e medidas de controle. Laser e Maser. Técnicas de medição.

    Agentes Biológicos: Agentes biológicos que contaminam os ambientes ocupacionais, derivados de animais e vegetais. Atividades que expõem o homem a agentes biológicos. Trabalho em ambiente hospitalar (hospitais, clínicas, farmácias e consultórios); Coleta de lixo (urbano, banheiros, refeitórios e amientes internos); Trabalho com aminais (matadouros, frigoríficos, veterinários e açougues); trabalho com estações de tratamento de esgotos (manutenção em fossas e esgotos); Cemitérios.

  • 04. Proteção do Meio Ambiente 44h

    Conceituação e importância da preservação do meio ambiente. Aspectos legais e institucionais. Órgãos regulamentadores. Programa de preservação do meio ambiente. RIMA. Critérios e técnicas de controle e avaliação de poluentes. A preservação do meio ambiente e a qualidade do ar. Proteção e preservação da qualidade da água, do ar e do solo. Destinação de resíduos industriais.

  • 05. Proteção Contra Incêndios e Explosões 60h

    Conceito, importância e participação da engenharia de segurança do trabalho na proteção contra incêndios. Legislação e normas brasileiras relativas à proteção contra incêndio. Seguro-incêndio. Relação empresa-segurança. Programas de proteção contra incêndio. Química e Física do fogo. Produtos de combustão e seus respectivos efeitos. Proteção estrutural: identificação, seleção e análise de materiais. Conceito e avaliação de carga-incêndio. Importância da análise dos processos industriais sob o ponto de vista incêndio. Proteção especial contra incêndio. Incêndios florestais. Sistema de detecção e alarme. Agentes extintores. Sistemas fixos e equipamentos móveis de combate a incêndio. Rede de hidrantes. Equipe de combate a incêndio. Inspeções oficiais: órgãos públicos e seguradoras. Laboratório de ensaios no Brasil.

  • 06. Gerência de Riscos 60h

    Noções de psicologia, Características de personalidade, Aspectos psicológicos do trabalho e do acidente, Aspectos psicológicos da seleção de pessoal, O treinamento, sua importância na engenharia de segurança do trabalho, O papel do engenheiro de segurança do trabalho na educação prevencionista, Requisitos de aptidão, Aspectos comportamentais na utilização do equipamento de proteção individual, A ação sindical: A atuação do engenheiro de segurança do trabalho na relação capital trabalho, Técnica de comunicação, Elaboração de relatórios técnicos,Desenvolvimento organizacional, Relações humanas, Dinâmica de grupo, Comissões de segurança do trabalho, Segurança integrada.

  • 07. Psicologia na Engenharia de Segurança, Comunicação e Treinamento 20h

    Noções de psicologia, Características de personalidade, Aspectos psicológicos do trabalho e do acidente, Aspectos psicológicos da seleção de pessoal, O treinamento, sua importância na engenharia de segurança do trabalho, O papel do engenheiro de segurança do trabalho na educação prevencionista, Requisitos de aptidão, Aspectos comportamentais na utilização do equipamento de proteção individual, A ação sindical: A atuação do engenheiro de segurança do trabalho na relação capital trabalho, Técnica de comunicação, Elaboração de relatórios técnicos,Desenvolvimento organizacional, Relações humanas, Dinâmica de grupo, Comissões de segurança do trabalho, Segurança integrada.

  • 08. Administração Aplicada à Segurança do Trabalhador 32h

    Conceitos e Princípios de Administração. Política e Programa de Engenharia de Segurança do Trabalho. Organização dos Serviços Especializados de Segurança do Trabalho. Inter-relacionamento de Engenharia de Segurança com as demais Áreas da Empresa. Aspectos Éticos da Profissão de Engenheiro de Segurança com as demais áreas da Empresa. Aspectos Éticos da Profissão de Engenheiro de Segurança do trabalho. Recursos de Informática de interesse da Engenharia de Segurança do Trabalho. Relação Custo – Benefício. Elaboração Orçamentária para Execução de um Programa de Segurança. Entidades e Associações Nacionais, Estrangeiras e Internacionais Dedicadas e Relacionadas à Prevenção de Acidentes.

  • 09. O Ambiente e as Doenças do Trabalho 52h

    Doenças do trabalho e Toxicologia: Conceituação e importância. Serviços de medicina do trabalho. Relação entre agentes ambientais e doenças do trabalho. Fatores oriundos das doenças do trabalho que influenciam a produtividade e o bem-estar do trabalhador. Estudo de doenças do trabalho.Doenças do trabalho na indústria e no meio rural. Aspectos epidemiológicos das doenças do trabalho. Agentes tóxicos. Vias de penetração e eliminação dos tóxicos no organismo. Mecanismos  de proteção do organismo. Absorção e metabolismo. Mecanismos de desintoxicação. Sistemas enzimáticos. Limites de tolerância. Limites de tolerância biológicos. Métodos de investigação toxicológica.

    Primeiros Socorros: Noções de fisiologias aplicáveis e primeiros socorros. Primeiros Socorros (leigo) e Socorro de urgência (profissional). Material de primeiros socorros. Feridas, queimaduras e hemorragias. Fraturas, torções e luxações. Corpos estranhos nos olhos, nariz e garganta. Intoxicação e envenenamento. Parada respiratória e cardíaca. Respiração artificial e massagem cardíaca. Estado de inconsciência. Transporte de acidentados. Equipes de primeiros socorros.

  • 10. Ergonomia 32h

    Conceituação. Noções de Fisiologia do Trabalho. Idade, fadiga, vigilância e acidente. Aplicações de forças. Aspectos antropométricos. Sistema homem-máquina. Dimensionamento de postos de trabalho. Limitações sensoriais. Dispositivos de controle. Dispositivos de informações. Trabalho em turno.

  • 11. Legislação e Normas Técnicas 20h

    Conceituação da legislação nacional: Constituição, Lei, Decreto e Portaria. Hierarquia da legislação no Brasil. Legislação Acidentária. Legislação Previdenciária. Legislação Sindical. Consolidação das Leis do Trabalho. Acidentária. Trabalho da Mulher e do Menor. Atribuições do Engenheiro  e do Técnico de Segurança do Trabalho. Responsabilidade Profissional: Trabalhista, Civil e Criminal. Portarias Normativas e outros Dispositivos legais. Embargo e Interdição. Convenções e Recomendações da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Normas Técnicas: Nacionais e Internacionais. Técnicas do Preparo de Normas, Instruções e Ordens de Serviço. Importância da utilização de Normas Técnicas Internas para a Engenharia de Segurança.

  • 12. Segurança em Transportes 24h

    Incêndio e Explosões na Área de Transporte: Veículos, Trens, Metrô, Aeronave e Embarcações. Transportes de Produtos Químicos. Transporte Aéreo, Transporte Ferroviário. Transporte Rodoviário. Transporte Fluvial e Marítimo.

  • 13. Planificação de Emergência e Atendimento de Catástrofes 20h

    Riscos Urbanos. Técnicas de Salvamento e Noções de Salvamento. Explosivos: conceituação e identificação. Poeiras e Misturas Explosivas: reconhecimento e avaliação. Técnicas e Controle de Explosões. Técnicas de Inspeções e Análise de causas de explosões. Relação Proteção Pública e Proteção Privada. Planos de Ação mútua e Comunitária. Planos de Evacuação. Legislação e Normas Relativas à Proteção contra Explosivos. Acidentes Aéreos, Enchentes, Vazamentos de Produtos Químicos e Radioatividade. Defesa Civil.

  • 14. Metodologia da Pesquisa 20h

    Ciência e conhecimento científico; Pesquisa Científica: Métodos e Técnicas; Pesquisa Qualitativa: Conceitos e Instrumentos; Elaboração de Relatórios Técnicos, Relatórios Periciais, Apresentação Gráfica de Projetos e Monografias Científicas de acordo com a ABNT.

  • Projeto XP 60 h

    logo_VOOPYN

    Aqui a teoria dos TCCs dá lugar à experiência prática do seu projeto final. O Projeto XP é a conclusão da sua Pós, mas ele é feito durante todo o curso. Em cada módulo, uma etapa do seu projeto prático será construído.

    Através de parceria firmada com a Voopyn, uma plataforma online que funciona como uma Vitrine de talentos para as empresas, os alunos e seus projetos reais terão maior visibilidade perante as empresas parceiras.

    Conheça mais em www.voopyn.com