Escrito por Grupo Opet | Atualizado em 29 de novembro de 2017

Compartilhe:
Como entrar no mercado de trabalho

Hoje em dia quando o assunto é ingressar no mercado de trabalho, as pessoas desejam saber o que as empresas consideram mais importantes na hora de contratar: um perfil mais teórico ou prático. E se eu disser que os contratantes procuram um perfil que equilibra essas duas características? Afinal, o principal diferencial aqui é a experiência.

A soma teórico + prático

O conhecimento, de uma maneira geral, é a ferramenta essencial para o profissional de qualquer área. Pode ser um profissional que atua nas áreas mais humanas, tais como jornalismo, publicidade, entre outras, bem como um profissional que atua em outras áreas, tais como economia, engenharia, construção civil e mais uma série de segmentos profissionais.

O fato é que o profissional exigido no mercado terá que ter um bom conhecimento teórico para saber como executar com mais competência e segurança as suas respectivas tarefas. Aliado a esse saber teórico, a questão prática, ou seja, a questão da técnica e da habilidade, também compreende aspectos relevantes para a formação de um bom profissional.

Um bom administrador, por exemplo, não pode se limitar ao apenas à prática de sua profissão. Afinal, todo administrador busca resultados, mas sem a teoria ( ou o conhecimento) adequado para chegar lá estará seguindo um caminho cego.

Por isso o aluno é incentivado a fazer um estágio na área desde cedo, para que ele procure colocar em prática o aprendeu nas aulas – além de aprender ainda mais – e desenvolva suas habilidades profissionais.

Mas a instituição também faz toda a diferença. Contar com professores com experiência de mercado e aulas que tenham foco na prática preparam o aluno já em sala de aula. A Opet, por exemplo, alia conhecimento e prática em sua grade curricular. Seja nos cursos de graduação ou tecnólogo, o objetivo é preparar o profissional para uma carreira de sucesso.

 

Quer saber mais?

Deixe seu comentário.

Compartilhe: